Quando o e-mail marketing é uma boa estratégia de vendas?


Quais as consequências de não ter uma Identidade Visual?
04/04/2017
O que são links patrocinados?
18/04/2017

Uma situação que acontece frequentemente e tem incomodado muitos consumidores é o recebimento de e-mail marketing sem que ele tenha se cadastrado, de fato, para receber informações sobre determinado assunto ou empresa. Será que colocar em risco a integridade da marca por esse tipo de “estratégia” é a melhor opção? Não, não é e nós vamos explicar os motivos para que você efetive vendas pelo e-mail marketing.

Comprar uma lista de e-mail para começar uma divulgação é errado e isso é spam. Enviar algo a quem não pediu é muito mal visto. Imagine que para cada possível venda que você realiza outras dezenas de pessoas estão com uma imagem negativa. Imagine também que você está em suas atividades do dia-a-dia e começam aparecer mensagens de produtos e serviços aleatórios sem que você os deseje ou tenha solicitado, isso é um princípio para entender o motivo pelo qual não é justa (e deve ser vista com sinal de alerta) esta decisão.

Outro ponto importante, se você compra uma lista para enviar seu conteúdo não existe garantia nenhuma de que o retorno será o esperado, as pessoas não conhecem sua marca, lidam com muita informação e os programas de e-mail barram quando desconfiam que você usa uma lista que não é sua. Acredite, nada é tão fácil assim.

 

A solução

Para que você venda e tenha uma lista de e-mail realmente lucrativa coloque em seu site a opção para que os consumidores se cadastrem, mas ofereça algo realmente valioso para eles: seja conteúdo (isso é importante até para o SEO se alinhado ao site), descontos, sorteios, brindes… São muitas opções!

É muito agradável achar empresas que se preocupam com o que o consumidor espera e pensa, seja este tipo de empreendedor! Avalie o que eles querem receber para que não só se cadastrem, mas comprem o que você oferece.

 

Começando do zero

Se você quer começar um e-mail marketing do zero não comece da forma errada, comprando uma lista, comece fazendo com que os seus consumidores o admirem. Não é fácil, nós sabemos, mas vale a pena!

Confira:

  • Tenha em mente quem são os seus consumidores e do que eles gostam. Se para o seu seguimento preço é importante e o seu posicionamento de marca permite isso, ofereça descontos para quem se cadastra. Se eles preferem valor agregado e informação, produza conteúdo que agregue, dicas, conceitos…

 

  • Capriche na publicidade online. As pessoas precisam chegar até você antes de se cadastrar, então faça publicidade em Redes Sociais, buscadores (como o Google), link patrocinado, fale com seus atuais clientes, ou seja: comunique-se!

 

  • Envie conteúdo relevante sempre. Quando as pessoas se cadastram e não recebem conteúdo por um longo período de tempo e depois você volta elas podem não se identificar com sua empresa ou achar que você não oferece o que é esperado. Mantenha um padrão, os consumidores gostam de receber descontos, mensagens em datas especiais (incluindo um brinde em compras no aniversário ou desconto apenas pela data), conteúdo relevante, etc.

 

  • Avalie os resultados. Sempre veja quais ações deram mais resultado, isso se reflete também nas vendas. Adeque o que for necessário e boas vendas!

Lembre-se: o e-mail marketing é uma estratégia de vendas quando acerta e identifica o público alvo, quando não é feito por spam e quando você consegue perceber que lidar com os consumidores desta forma é certeiro e de grande ajuda!

Para mais informações entre em contato conosco, será um prazer ajudar você!