Imédia Comunicação | E-commerce: 4 dicas para melhorar suas vendas
15760
post-template-default,single,single-post,postid-15760,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-16.7,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.5.2,vc_responsive

E-commerce: 4 dicas para melhorar suas vendas

E-commerce: 4 dicas para melhorar suas vendas

 

Cada dia que passa, as pessoas estão aderindo as compras pela internet. No ano de 2017 houve um crescimento considerável dessa prática e as expectativas para o ano de 2018 são ainda maiores.

 

Pensando nesse crescimento, apresentamos quatro dicas para você que quer alavancar as vendas da sua empresa pela internet.

Realidade mobile

Não é novidade para ninguém, pois o celular está ao alcance da maioria das pessoas. Com ele é possível acessar jogos e redes sociais, adquirir produtos e serviços e várias outras possibilidades.

O uso de dispositivos móveis foi um dos fatores que alavancaram o e-commerce em 2017 e vem aumentando cada vez mais.

Como vimos, investir nesse meio é uma ótima opção, por isto é necessário oferecer a melhor navegabilidade do seu e-commerce via Mobile para seus consumidores.

Se atente aos seguintes fatores:

Site responsivo: a estrutura continuará semelhante à do desktop, porém – quando acessado dos dispositivos móveis – os botões, os textos e as imagens se adaptarão à tela menor;

– Site mobile: assim que o cliente acessá-lo pelo celular (ou tablet) será redirecionado a um subdomínio da loja virtual e, desta forma, poderá navegar por um conteúdo personalizado;

– Aplicativo: tornará necessário um maior investimento, devido à contratação de uma empresa que ofereça serviço de desenvolvimento de software, porém poderá ser um complemento para o site responsivo e mobile.

Para evitar riscos com a experiência do usuário, você precisará ter ferramentas antifraude.

Micro momentos

O imediatismo faz parte de todas as nossas interações. Hoje, não basta só um telefonema ou troca de e-mails, precisa ir além, interagir nas redes sociais, enviar mensagens via WhatsApp, fazer vídeo chamadas, tudo o mais rápido possível.

As estratégias de marketing precisam ser de fácil entendimento para o consumidor. O cliente precisa compreender rapidamente o conceito e ver se atende a suas expectativas. É importante que a marca-consumidor sigam o mesmo fluxo.

Cada vez mais as pessoas estão tomando decisões imediatistas e para encanta-las, o stories no Instagram e postagens interativas no Facebook são ótimas opções, pois estão disponíveis em dispositivos móveis.

As empresas precisam oferecer uma experiência personalizada, em que os produtos estejam atrelados ao estilo de vida do consumidor. Por exemplo, uma loja de produtos naturais, que não deve divulgar apenas seus produtos para a venda, mas também dicas e conteúdos voltados para esse tipo de produto. Com esta tática, você proporciona emoção, diversão e satisfação para o consumidor, aumentando as chances de ele gostar da marca.

O consumidor não busca apenas um produto ou serviço, ele procura por ideias, possibilidades e uma marca que se identifique.

Atendimento humanizado

O uso de chatbots e assistentes virtuais estão cada vez mais em alta. Seguindo o parâmetro do micro momento, quanto mais rápido o atendimento, melhor.

Para manter as vendas em alta, os e-commerces precisam manter o chamado atendimento 24×7, via redes sociais, chats e WhatsApp, proporcionando assistência completa, esclarecendo todas as dúvidas desde a escolha do produto até o pós-venda.

Uma maneira eficiente de centralizar o suporte é por meio de CRM. Este gerencia informações básicas do contato, além de proporcionar históricos de compra e atendimento. É fundamental oferecer ao consumidor uma experiência diferenciada e exclusiva.

Omnichannel

Acompanhando a evolução da internet, o empreendedor deve ter o intuito de oportunizar um momento único e imediatista ao cliente, disponibilizando diferentes canais de venda para comunicar a marca, conhecer seu público-alvo e converter mais.

Nesse caminho de estratégias, surgiu o omnichannel – canais integrados, onde o consumidor não deseja apenas comprar, mas criar junto e decidir cada passo até a chegada do produto em suas mãos-. Neste âmbito, o cliente busca ter um relacionamento intenso com a marca: segue nas redes sociais, busca inspirações, pesquisa se possui espaço físico, checa relatórios e depoimentos sobre entrega/troca, além de comparar os preços e promoções das lojas física e virtual.

É necessário unificar o atendimento online e o off-line, alinhar as diferentes experiências de marketing, entreter, educar e influenciar o consumidor.

Portanto, conforme apresentamos ao longo do texto, é necessário se adequar nesse mercado digital e oferecer serviço de qualidade e diferenciado para que as vendas cresçam.

Conseguiu entender sobre como funciona? Esperamos que você aplique as dicas e se tiver alguma dúvida, entre em contato conosco.