Como adotar o Marketplace como estratégia de vendas para o E-commerce


Como começar uma loja virtual de sucesso
21/02/2017
Por que investir em Redes Sociais?
07/03/2017

O crescimento das vendas online estão impulsionando diversas lojas que abraçaram esta oportunidade, mas, em contrapartida, muitas ainda não conseguiram alinhar o posicionamento e ainda buscam descobrir como chegar até o consumidor. Neste artigo falaremos sobre o marketplace como um diferencial, em suma, algo que pode fazer seu e-commerce ser diferente dos outros e isso refletir no aumento das vendas.

 

 O que é marketplace?

Primeiramente é importante entender bem o que é o marketplace. Visto como um portal colaborativo, o marketplace pode ser comparado a um shopping virtual onde diversas empresas estão presentes oferecendo diferentes produtos para um número muito maior de pessoas.

Um grande exemplo é o E-bay, após ajustes e muita história, o site foi pioneiro ao lançar uma plataforma que permitia que diversas empresas de qualquer porte vendessem em um mesmo espaço, com isso ela proporcionou aos consumidores diversidade e aos vendedores a oportunidade de bons lucros.

 

Por que iniciar no Marketplace?

Se você tem suas estratégias bem definidas e está iniciando com seu site ou já está no mercado e precisa alavancar as vendas o marketplace é indicado. Como benefícios você pode destacar:

Você pode atuar em um nicho específico. Se você atua com artigos esportivos por que não disponibilizar seus produtos no marketplace, por exemplo, da Netshoes uma das maiores empresas e com um grande número de acessos? Dentro da própria plataforma você destrincha um leque de opções.

O custo é menor. Retomando o exemplo da Netshoes, o acesso de visitantes únicos do site chega a 54 milhões de pessoas por mês, eles mesmos fazem a publicidade para que mais pessoas utilizem os serviços. Imagine você investir para chegar até este ponto, o valor é muito alto e o tempo para reconhecimento da marca maior ainda. Outros exemplos de empresas são: o Submarino, que recebe diariamente mais de 1 milhão de visitantes, a Americanas, com 45 milhões de acessos por mês, dentre outros.

Seus produtos já terão credibilidade por estarem inseridos em uma grande plataforma. Sem dúvidas a visibilidade irá aumentar e, se você aderir a estratégia certa, suas vendas também.

O marketing e o atendimento contam com maior suporte. Grandes empresas sabem que é necessário atender bem o cliente e farão isso para você se estiver integrado a elas.

Foco nas vendas e no suporte técnico. Como os marketplaces contam com toda estrutura você foca nas vendas e no suporte, isto o faz ganhar mais tempo e aumentar os lucros.

 

Cuidados

Sua empresa estará dividindo espaço com diversas outras e a venda, muitas vezes, será definida pelo preço, então lembre-se que suas vendas irão aumentar, mas você precisará se adequar a uma nova realidade.

Outro item que merece atenção é a sua marca, você precisará ter cuidado para não deixa-la a mercê, trabalhe esta questão a parte, o marketplace irá melhorar suas vendas e, dependendo do seu desempenho, a sua marca.

 

Por onde começar

Você já decidiu entrar no marketplace, agora mãos à obra!

Como estamos falando de e-commerce vamos partir do pressuposto que você já tem a sua loja virtual ou está em fase de criação, é possível participar do marketplace sem ter um site, mas falaremos sobre isso posteriormente, então, o que você precisa saber para começar e ter uma nova estratégia de vendas?

É possível integrar o e-commerce através da própria plataforma onde seu site foi desenvolvido(empresas especializadas já fornecem essa opção), cadastro individual de produtos e planilha, a primeira opção é a mais indicada pela praticidade. Seus dados serão analisados, por isso é importante estar dentro dos padrões.

Tenha as referências dos melhores marketplaces para sua loja, pense no que será mais estratégico, avalie o mercado e faça uma análise do que entra ou não para a disponibilização neste shopping virtual.  Alguns dos markeplaces mais populares no Brasil são: B2W (Submarino, Americanas, ShopTime), CNOVA (Ponto Frio, Casas Bahia, Extra), Mercado Livre, Walmart, Netshoes, Kanui, Dafiti, Tricae, Elo7, Enjoei, dentre outras.

Tendo resolvido as questões acima avalie onde seu produto será mais aceito, pense no seguimento e inicie o cadastro. A partir daí serão disponibilizadas ferramentas para acompanhar as vendas, você verá a diferença!

Consegue entender como sua empresa pode ter o marketplace como diferencial? É uma área ampla, mas, entre em contato conosco, a Imédia Comunicação pode ajudar você!